18/06/20

Os procedimentos estéticos mais indicados para o inverno

Interessante como nossas rotinas são influenciadas pelas estações do ano. Planejamos trabalho, férias, eventos e demais atividades de acordo com a temperatura e outras circunstâncias climáticas. E o mesmo ocorre com nosso organismo, especialmente com nossa pele, que pode ficar mais oleosa, ressecada, opaca ou brilhante se o tempo estiver quente, frio, úmido ou seco.

Essa relação com o clima deve também ser aplicada ao escolhermos o melhor período para a realização de certos procedimentos estéticos. E como já estamos no inverno, vamos tratar desta vez dos tratamentos mais indicados para as baixas temperaturas. Isso porque a maioria deles exige um maior “resguardo” da pele, pouca ou nenhuma exposição ao sol e cuidados diários e específicos difíceis de se cumprir se, por exemplo, você estiver de férias no calor de uma praia. Vamos conhecer alguns deles?

Peeling

Um dos procedimentos mais solicitados no inverno é o peeling, indicado para tratar manchas e acnes, rejuvenescer a pele, diminuir linhas de expressão e estimular a produção de colágeno. O tipo químico, o mais conhecido, é feito com a aplicação de ácidos sobre a pele para retirar as camadas danificadas e promover o crescimento de uma camada lisa. Há outros tipos de peeling, como o de diamante e o de cristal. É necessária a não exposição ao sol e uso disciplinado de filtro solar.

Microagulhamento

O microagulhamento é um tratamento estético que visa remover cicatrizes de acne e amenizar manchas, rugas e linhas de expressão da pele, por meio de uma estimulação natural feita com microagulhas que penetram na derme, favorecendo a formação de novas fibras de colágeno, que dão mais firmeza, elasticidade e viço à pele. Também é recomendada a não exposição ao sol e ao calor. O uso do filtro solar deve ser feito após 12 horas de realização do procedimento.

Laser Invasivo

O laser invasivo é uma tecnologia que produz radiação eletromagnética usada para várias finalidades, como por exemplo para amenizar melasmas, melanoses solares e lesões vasculares.  Nos tratamentos estéticos esse laser atinge um “alvo”, que pode ser um pigmento do organismo como a melanina (presente nas manchas de sol) ou a tinta de uma tatuagem. No caso dos lasers fracionados, eles também estimulam a produção de colágeno por meio do aumento de temperatura. Da mesma forma, são recomendados a não exposição ao sol e o uso de filtro solar, a fim de evitar a hiperpigmentação (escurecimento da pele).

Cirurgias

O inverno também é um ótimo período para se fazer uma cirurgia estética, visando diminuir os riscos de edemas e outros fatores causados pela exposição ao sol e ao calor intenso. Podem ser realizados, por exemplo, lipoaspiração de papada, bichectomia (retirada da gordura da bochecha), implante de fios de sustentação, bioplastia nasal, alectomia (diminuição da asa nasal) e outros procedimentos que têm como objetivo a harmonização facial. Em todas elas, resguardar-se e proteger-se da luz solar é essencial para a obtenção dos resultados desejados.

Agora que você já conhece os principais procedimentos estéticos para o inverno, a dica é aproveitar o friozinho e cuidar da sua beleza.

Quer saber mais sobre esses e outros tratamentos?

Então venha nos conhecer!