07/05/18

Revitalização Injetável: pele jovem e luminosa, sem dor

Com o passar do anos, a pele vai perdendo elementos que concedem hidratação, elasticidade e viço. Mas existem hoje inúmeras substâncias capazes de devolver a ela a aparência jovem, saudável e luminosa e que usamos na chamada revitalização injetável.  

Esse procedimento é realizado através da injeção, em camadas mais profundas da pele, de um líquido polivitamínico, composto por vitaminas, aminoácidos, ácido hialurônico, dentre outros. O produto pode, e deve, ser complementado com outros elementos, de acordo com as necessidades da pele de cada pessoa.

As substâncias utilizadas são capazes de revitalizar o metabolismo celular cutâneo. Assim,  hidratam e clareiam a pele, combatem seu envelhecimento e oxidação, e suavizam linhas finas que aparecem em locais, como o pescoço e as pálpebras. As injeções podem ser feitas não só no rosto e no pescoço, mas também têm ótimos resultados no colo e nas mãos.

 

Como é feito o procedimento?

A aplicação das substâncias é praticamente indolor, por ser feita com microcânulas que causam incômodo muito menor do que as agulhas. Elas possuem uma ponta romba, que não fura, nem corta. Provocam, assim, apenas um descolamento, permitindo que o líquido seja distribuído por toda a pele. Para a entrada da microcânula são feitos apenas 3 ou 4 furinhos, com uma agulha bem fininha. Além de ser mais confortável, a aplicação com a microcânula gera resultados bem melhores. Outra vantagem é que com ela formam-se muito menos edemas e hematomas.

Com apenas uma sessão já é possível notar a diferença na aparência e textura da pele. Mas, para se obter resultados mais duradouros, o recomendável é realizar de 5 a 6 sessões, com intervalos entre uma semana e 15 dias. Após esse tratamento completo, a indicação é fazer manutenções pelo menos uma vez ao ano.

 

Como agem as substâncias?   

Através das injeções, as substâncias conseguem atingir a camada que produz as fibras de colágeno e elastina, estimulando a fabricação dessas matérias capazes de devolver o tônus à pele. Por agirem de dentro para fora, a ação dos elementos tem resultados infinitamente melhores do que os cremes tópicos feitos das mesmas substâncias.

O ácido hialurônico que compõe o líquido injetável ainda puxa e mantêm moléculas de água ao seu redor, formando um reservatório hídrico de longa duração, que aumenta a espessura, a maciez e o viço da pele.

 

Quem pode realizar o procedimento?

Com exceção de pessoas alérgicas a alguma substância do composto, qualquer um pode realizar o procedimento. Vale apenas ressaltar que a consulta de avaliação é imprescindível para se atingir os melhores resultados possíveis. É a oportunidade de cada pele ser analisada minuciosamente e então se estabelecer um leque personalizado de produtos a ser utilizado. Alguns casos exigem quantidades maiores de hidratantes, outros de estimulantes ou oxidantes. As indicações são feitas caso a caso.