Clareamento Dental

Clareamento Dental

O clareamento dental está entre os procedimentos estéticos mais desejados dos brasileiros, afinal, um belo sorriso faz toda diferença para a autoestima.

O que muitas pessoas não sabem é que antes de fazer o clareamento, seja em casa ou no consultório, é preciso passar por uma avaliação completa da saúde da boca.

Há três formas de fazer o clareamento odontológico. A mais comum é a realizada em casa, quando o paciente é orientado pelo dentista a usar uma moldeira feita sob medida com um gel clareador. Essa modalidade de tratamento pode ser feita de duas formas: por um tempo determinado durante o dia ou a noite, ou enquanto a pessoa dorme.

Outra opção é o clareamento realizado em consultório. Nesse tipo de procedimento, o gel utilizado tem uma concentração maior.

As sessões são feitas a cada quatro ou cinco dias.

Também é possível combinar as duas técnicas: utilizar a moldeira em casa e ir ao consultório para a aplicação de géis mais fortes, o que acelera a obtenção de resultados.

Nem todos podem fazer clareamento.

O procedimento é contraindicado para pessoas que fizeram quimioterapia e radioterapia há pouco tempo, menores de 18 anos, grávidas e lactantes. Também não é indicado para quem tem xerostomia (boca seca). É possível fazer o clareamento uma vez por ano com gel de concentração menor, apenas para estabilizar a cor.

O que não se pode fazer é usar os clareadores todo mês.