Fios de sustentação

Fios de sustentação

Compostos de ácido polilático e polidioxanona, os fios são introduzidos na pele até o tecido subcutâneo e direcionados de um ponto a outro da região que se pretende sustentar. O ácido polilático é uma substância que produz excessivamente colágeno, que são fibras que sustentam a pele.

Os fios possuem minúsculos filetes que exercem uma tração quando sofrem uma força contrária, impedindo que saiam do lugar ou que percam o efeito de sustentação. Eles são completamente reabsorvidos pelo organismo em até 18 meses e podem ser recolocados quantas vezes o paciente desejar.